DA MÃO À AÇÃO

//DA MÃO À AÇÃO

DA MÃO À AÇÃO

 

 

Quando recebi o material de proteção que é o protagonista desse review, já tinha como referenciais dois preconceitos já estabelecidos… o primeiro era que se tratava de uma marca mundialmente conhecida e já testada em diversos cenários reais, e o segundo era que eu não ia gostar dele, porque nunca consegui me acostumar ao uso de similares de outras marcas…

E qual foi minha surpresa ao perceber que sobre o segundo preconceito, eu estava absolutamente enganado…

O produto que recebi – enfim revela-se – nada mais era do que um par – das já tão conhecidas – luvas MECHANIX*, modelo “The Original”, no caso específico, em padrão woodland camo.

Sobre a MECHANIX, não há muito à dizer que possa melhorar ainda mais sua imagem ao consumidor , todavia nunca é demais saber um pouco mais sobre a história das grandes marcas e produtos.

A fábrica, estabelecida na cidade de Valencia/CA, ainda hoje é pequena e conta com cerca de 90 empregados, teve seu primeiro produto de destaque lançado em 1991. A primeira luva – chamada “The Original” – da MECHANIX nasceu exatamente das demandas de mecânicos e técnicos do cenário automobilístico dos Estados Unidos, mais especificamente das corridas de Stockcar Daytona 500. Na ocasião de seu lançamento, ela equipou a equipe campeã de Pit Stop da competição (Richard Childress Racing Number 3 GM Goodwrench team) naquele ano, o que lhe rendeu grande visibilidade e notoriedade.

Em suas quase três décadas de existência, as características de resistência, sensibilidade, estética e preço das luvas Mechanix criou raízes profundas  entre aqueles que precisam colocar as mãos à prova e na massa todos os dias. Sejam mecânicos, trabalhadores da construção civil, membros das forçais policiais ou militares, e até mesmo entusiastas do “Faça-Você-Mesmo” atestam e carregam sem pudores a tradicional marca estampada no dorso de cada luva. Como o próprio lema da fábrica diz: “MECHANIX, a ferramenta que veste como uma luva!”

 Sobre o modelo The Original, posso dizer que tem uma das melhores correlações entre proteção e sensibilidade entre todas as luvas que já tive e usei. Pode até não ser perfeita, mas suas soluções anatômicas e têxteis são de fato impressionantes, principalmente se considerarmos ser este um dos produtos mais acessíveis (baratos) da marca.

O dorso da luva é composto em um tecido sintético e transpirável em três camadas, e a palma – bem como boa parte do entorno dos dedos recebe uma camada de couro fino… nem muito poroso, nem tanto liso. Isso acrescenta à luva uma boa permeabilidade e certa retenção de atrito.

Pra encerrar, todas as costuras são feitas com um fio sintético muito forte, o que vai garantir a boa junção dos componentes  e prevenir que o desgaste natural do uso cause rupturas ou descosturamentos precoces. A luva tem um bom retentor no pulso, feito em borracha com fechamento com velcro, além de uma excelente alça para transporte, algo altamente desejado em luvas usadas em cenários Outdoor.

Toda luva tem o nobre propósito de proteger a mão e ainda permitir seu uso em certo número de atividades. Luvas mais grossas tendem a suprimir boa parte de sensibilidade ou percepção do tato, ao passo que luvas muito finas podem não proteger as mãos adequadamente contra a rudeza das atividades em que seu usuário as impõe.

Minha resistência às luvas reside exatamente nessa correlação entre capacidade de proteção e perda de sensibilidade tátil, com um tempero peculiar de pirraça contra o calor que algumas delas projetam nas mãos.

Sou montanhista, escalador inclusive, e sei o valor e o poder que as mãos tem, e como elas podem ser extremamente judiadas nos cenários outdoor. Portanto, balanceando minha resistência ao uso de luvas à minha consciência sobre sua importância, achei na MECHANIX “The Original” boa parte da minha procura pela luva ideal.

Da mão à ação em um estalar de dedos!

*Para este review, recebemos este produto da empresa (loja online) DODGER FITNESS! A Dodger é especialista em artigos e materiais para os praticantes de Cross Fit, Funcional e demais esportes. Muito obrigado ao amigo André Oliveira (“Dedeco do Cavaco” :-P) pela parceria!

TACTICAL ROOM
Dinamismo I Integridade I Mentalidade

 

By | 2018-12-13T16:23:05+00:00 dezembro 13th, 2018|1 Comment

About the Author:

One Comment

  1. Eleonésio Diomar Leitzke 17 de dezembro de 2018 at 15:15 - Reply

    Excelente, a postagem me fez definir a luva a comprar para andar de moto.

Leave A Comment